{country_name} ↓ TRANS_MENU
Escolher a sua localização:
A minha capaA minha capaA minha capa

O que está acontecendo agora?

Entrar Entrar com Facebook
Nome de usuário ou senha incorreta!
1

Kátia Abreu diz acreditar na 'idoneidade e honestidade' de Dilma

"A lei complementar 101, que regulamenta essa questão, distingue claramente o que é concessão de subvenção e operação de crédito. Nesse caso, não existe contrato de multa, de vencimentos. Não se pode encarar que a subvenção agrícola seja um empréstimo".Kátia destacou aumento na produtividade, crescimento de compras de máquinas agrícolas e dos contratos do Plano Safra. Após a exposição de todos os convidados, os senadores poderão fazer perguntas.Cronograma da comissão.
Folha de São Paulo
29/04
9 Pontos

Money Contag pede a Dilma R$ 30 bilhões para a agricultura familiar

O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Alberto Ercílio Broch, pediu nesta quinta-feira (28) à presidenta Dilma Rousseff pelo menos R$ 30 bilhões para o Plano Safra da Agricultura Familiar. O plano deste ano deverá ser lançado na semana que vem.Broch disse que os pequenos agricultores prestaram solidariedade a presidenta contra o impeachment. Chamou a atenção a serenidade dela, estava muito bem-humorada”, disse.
Jornal do Brasil
28/04
8 Pontos

Money Ministro diz que situação fiscal não vai prejudicar o Plano Safra

Ao término do encontro,  Barbosa disse que o momento fiscal que vive o país não vai prejudicar a estratégia de governo.“O Safra é um plano de financiamento e tem um orçamento de subvenção já planejado. Os ministros da Fazenda , Nelson Barbosa, e a da Agricultura, Kátia Abreu, se reuniram nesta quinta-feira (26) para fechar os detalhes finais do Plano Agrícola e Pecuário da safra 2016/2017, o Plano Safra. O investimento é estratégico para o governo incentivar o aumento da produção.
Jornal do Brasil
28/04
4 Pontos

Não há motivo para impeachment

Neste último, acusam a presidente de simular uma operação de crédito, vedada pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Pune-se primeiro para depois investigar.De que ato ilegal da presidente se fala, então. Acusa sem provas e transfere a responsabilidade para o Senado, não sem antes pretender afastar a presidente do cargo. Se a Câmara respeitar a Constituição, não haverá impeachment.JOSÉ EDUARDO CARDOZO, 56, é advogado-geral da União.
Folha de São Paulo
17/04
4 Pontos
Anúncio
Anúncio
Anúncio