{country_name} ↓ TRANS_MENU
Escolher a sua localização:
A minha capaA minha capaA minha capa

O que está acontecendo agora?

Entrar Entrar com Facebook
Nome de usuário ou senha incorreta!

Jacques Wagner rechaça acusação feita por Cerveró em delação

O ministro-chefe do gabinete pessoal da Presidência, Jaques Wagner, divulgou nota rechaçando a inclusão de seu nome na delação premiada do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró. Segundo a assessoria do ministro, ele informou que "está à disposição das autoridades e vai aguardar o resultado definitivo das investigações". Acrescentou também que "está seguro sobre suas atividades sempre motivadas pelo interesse público".
O Tempo
04/05
34 Pontos
1

Plano Temer prevê mais rigor em conselhos e agências

O texto também defende uma nova Lei de Licitações.CorrupçãoPelo documento do PMDB, um dos partidos com mais integrantes investigados pela Lava Jato, a corrupção seria fruto também de "imperfeições" no funcionamento do Estado que deveriam ser corrigidas. Um eventual governo Michel Temer quer endurecer a legislação para aumentar a responsabilização de membros de conselhos de administração e fiscal de estatais e de agências reguladoras.
O Tempo
29/04
6 Pontos
1

Delcídio pede ao STF suspensão de processo de cassação no Senado

A defesa do senador Delcídio do Amaral (MS) recorreu nesta sexta-feira (22) ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender o processo de cassação contra o parlamentar no Conselho de Ética do Senado. Os advogados alegam que o colegiado tem cerceado o direito de defesa do senador.Com o recurso, a defesa pretende impedir que o senador preste depoimento ao Conselho de Ética na próxima terça-feira (26). Desde então, ele está de licença médica, que vem senso prorrogada e não retornou à Casa.
Jornal do Brasil
23/04
9 Pontos
1

Conselho de Ética tentará ouvir Delcídio pela terceira vez no dia 19

SÃO PAULO, SP - O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado remarcou para o dia 19 de abril, às 10h, mais uma reunião para ouvir o senador Delcídio do Amaral (sem-partido) sobre a acusação de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato, ao oferecer um plano de fuga e dinheiro ao ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, para que ele não fizesse acordo de delação premiada. As informações são da Agência Brasil.Será a terceira tentativa do colegiado de ouvir o senador.
O Tempo
10/04
12 Pontos
1

Conselho de Ética tentará ouvir Delcídio pela terceira vez

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado remarcou para o dia 19 de abril, às 10h, mais uma reunião para ouvir o senador Delcídio do Amaral (sem-partido) sobre a acusação de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato, ao oferecer um plano de fuga e dinheiro ao ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, para que ele não fizesse acordo de delação premiada.Será a terceira tentativa do colegiado de ouvir o senador.
O Tempo
07/04
4 Pontos
Anúncio
Anúncio
Anúncio