{country_name} ↓ TRANS_MENU
Escolher a sua localização:
A minha capaA minha capaA minha capa

O que está acontecendo agora?

Entrar Entrar com Facebook
Nome de usuário ou senha incorreta!

Money Brasília tem a maior alta da inflação entre março e abril: 0,66%

A inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), subiu em quatro das três capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV), na passagem de março para abril.
Jornal do Brasil
03/05
7 Pontos
1

Macri admite que ajuste econômico prejudicou população na Argentina

"Isso pode acabar quando a população começar a se esquecer da administração kirchnerista.". Ele se baseou em dados da Receita Federal que indicam 60 mil novos postos de trabalho entre abril de 2015 e abril deste ano.Prat-Gay também recorre com frequência à "herança" de Cristina para explicar os problemas da economia.Segundo o analista político Jorge Giacobbe, o governo tem se beneficiado das comparações com a gestão anterior.
Folha de São Paulo
03/05
14 Pontos

Money Síntese da Conjuntura: Recuperação econômica - como chegar lá

Na 4ª semana de abril, as exportações registraram US$3,2 bilhões e as importações US$2,2 bilhões com saldo comercial de US$1 bilhão. Analistas de mercado preveem a queda da inflação para 6,66%, no final do ano.Setor PúblicoA arrecadação da receita federal registrou queda de 8,19% no 1º trimestre. Em março, 60,2% das negociações coletivas representaram reajustes salariais abaixo da inflação. Pela proposta o Banco Central estará concorrendo com o setor privado.
Jornal do Brasil
03/05
10 Pontos

Money Inflação encerra abril com alta de 0,49%

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) encerrou abril com alta de 0,49% em sete capitais. Na última medição, foi constatado um salto de 3,5%.NúmerosOcorreram acréscimos ainda nos grupos vestuário (de 0,48% para 0,74%), transportes (de 0,26% para 0,32%), educação, leitura e recreação (de -0,13% para -0,09%) e despesas diversas (de 0,25% para 0,28%). os demais grupos contribuíram para atenuar essas elevações.
Jornal do Brasil
02/05
13 Pontos

Money Mercado financeiro projeta inflação de 6,94% e queda da economia em 3,89%

É função do Banco Centra fazer com que a inflação fique dentro da meta. Um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e a inflação é a taxa básica de juros, a Selic.Quando o Comitê de Política Monetária do Banco Central aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.
Jornal do Brasil
02/05
8 Pontos

Mercado reduz pela oitava semana projeção para inflação neste ano

A expectativa para a contração do PIB (Produto Interno Bruto) neste ano passou de 3,88% na semana anterior para 3,89% nesta projeção. O mercado reduziu pela oitava semana consecutiva a projeção para a inflação no final deste ano e agora estima que o IPCA (índice oficial de preços) deve encerrar 2016 a 6,94%. A depreciação da moeda americana já causa preocupação ao vice-presidente, Michel Temer.
O Tempo
02/05
4 Pontos
1

Inflação encerra abril com alta de 0,49%

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) encerrou abril com alta de 0,49% em sete capitais. Na última medição, foi constatado um salto de 3,5%.NúmerosOcorreram acréscimos ainda nos grupos vestuário (de 0,48% para 0,74%), transportes (de 0,26% para 0,32%), educação, leitura e recreação (de -0,13% para -0,09%) e despesas diversas (de 0,25% para 0,28%). os demais grupos contribuíram para atenuar essas elevações.
O Tempo
02/05
2 Pontos
1

Money Investimento em renda fixa é opção mais rentável e segura que bolsa

A perspectiva, com a recessão e queda da inflação, é que ela caia para 13,25% até o final do ano, segundo economistas consultados semanalmente pelo Banco Central.Se a Bolsa saísse do atual patamar, 53 mil pontos, para 61 mil pontos, o ganho bruto seria de 15%.Hoje, no entanto, um Tesouro IPCA+ com vencimento em 2019 pode ser comprado com taxa de 6,02% ao ano, mais a variação da inflação no período.
Folha de São Paulo
02/05
11 Pontos

Money Mercado reduz pela oitava semana projeção para inflação neste ano

A expectativa para a contração do PIB (Produto Interno Bruto) neste ano passou de 3,88% na semana anterior para 3,89% nesta projeção. O mercado reduziu pela oitava semana consecutiva a projeção para a inflação no final deste ano e agora estima que o IPCA (índice oficial de preços) deve encerrar 2016 a 6,94%. A depreciação da moeda americana já causa preocupação ao vice-presidente, Michel Temer.
Folha de São Paulo
02/05
8 Pontos

Money Salário mínimo cresceu 77% desde 2002, diz Ministério do Trabalho

O  salário mínimo aumentou 77,18% acima da inflação desde 2002, passando de R$ 496 (valor atualizado de acordo com a inflação) para R$ 880 em 2016. A renda do nosso povo, em média, subiu mais do que 60% acima da inflação. Todos ganharam", enfatiza o ministro na mensagem.Previdência SocialDe acordo com o ministério, a política de valorização do mínimo também impacta diretamente os benefícios da Previdência Social, já que cerca de 70% dos beneficiários recebem o piso .
Jornal do Brasil
01/05
20 Pontos

Money Governo Central tem déficit primário recorde no primeiro trimestre

A queda das receitas e o crescimento de gastos obrigatórios fizeram o Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) registrar o maior déficit primário da história para o primeiro trimestre. Também contribuiu para o aumento real dos gastos o novo calendário de pagamento do abono salarial, que fez as despesas com os benefícios trabalhistas saltarem 58,5% acima do IPCA.As despesas com o funcionalismo público caíram 2%, descontada a inflação no primeiro trimestre.
Jornal do Brasil
28/04
13 Pontos

Money CNI: manutenção da Selic dificultará recuperação econômica

A manutenção dos juros básicos no maior nível em quase dez anos dificultará a recuperação da economia, informou há pouco a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Isso porque o aprofundamento da recessão, a valorização do real frente ao dólar e a desaceleração da inflação justificariam o início do processo de queda dos juros”, destacou a nota.A CNI pediu rigor com o ajuste fiscal para acelerar a convergência da inflação oficial para a meta, cujo teto está em 6,5% neste ano.
Jornal do Brasil
28/04
22 Pontos
1

Money Juro do cheque especial chega a 300% ao ano e bate recorde do Plano Real

Os empréstimos com subsídios do BNDES caíram 0,7% nessa comparação.INADIMPLÊNCIAA inadimplência no crédito ao consumidor passou de 5,3% para 5,6% entre dezembro de 2015 e março de 2016. Estava em 159% em março de 2014.O estoque dessa modalidade encolheu 0,4% nos últimos 12 meses. A inadimplência passou de 12,8% para 15,3% no mesmo período.A linha mais cara para a pessoa física continua sendo o rotativo do cartão de crédito, que alcançou 449,1% ao ano no mês passado.
Folha de São Paulo
28/04
9 Pontos
Anúncio
Anúncio
Anúncio